Agony, o novo single do James LaBrie

james_labrie_agony

Esses dias o James LaBrie lançou um single do seu novo disco solo (chamado Impermanent Resonance), que será lançado entre julho e agosto. Trata-se de Agony, mais um patcha trabalho do James. Se você gosta dos álbuns anteriores, com certeza vai curtir a música nova. Saca só:

É muito legal quando o trabalho solo de algum integrante de banda grande soa diferente do trabalho “habitual” que o artista faz no grupo. Os CDs do James LaBrie seguem essa ideia. Lembro que foi uma surpresa quando ouvi pela primeira vez trampo solo dele (na ocasião, um conhecido me apresentou o disco Static Impulse). Eu achava que ia ser um mini Dream Theater, mas não, o som do James vai pra um lado bem diferente, com mais peso e elementos de metal moderno. Isso, claro, sem deixar de lado a parte técnica dos instrumentos, que é sempre sensacional.

Em Agony, a atmosfera musical lembra bastante a dos CDs anteriores, mas com elementos novos que fazem a coisa não parecer repetida. A produção conseguiu manter muito bem o equilíbrio entre a identidade do som que os fãs já conhecem e as novas sacadas.

Além das linhas de vocal sensacionais do James, a banda não fica em segundo plano, e demonstra uma técnica impecável e bom gosto na escolha dos timnbres.

As artes ficaram a cargo do brasileiro Gustavo Sazes. Pra quem conhece o talento do Gustavo, eu nem preciso falar muita coisa. Ele é um dos melhores “artworkers” (existe essa palavra? hahahaha) do mundo e manteve o posto com essas artes brutais, colocando a cereja dourada no bolo. Gostei pra caramba.

James LaBrie na internet

Você pode gostar...