O prog árabe do Myrath

Tales-of-the-Sands-cover

Dica do leitor Raphael Rodrigues

O Myrath é uma banda da Tunísia que nasceu em 2001, mas que apenas recentemente está ganhando notoriedade na cena do prog internacional. Foi a primeira vez que ouvi um grupo tunisiano, e confesso que me surpreendi demais com a qualidade e a criatividade das composições deles.

Uma coisa que muitos de nós, fãs brasileiros, nos orgulhamos muito é a sonoridade única das nossas bandas, que carrega muito da musicalidade de diversos ritmos regionais do Brasil. A mesma coisa pode ser dita do Myrath, que mistura os ritmos e as escalas musicais árabes com a música pesada em temas contagiantes pra caramba. Acredito que devem ganhar uma força enorme ao vivo.

Os timbres dos instrumentos combinam muito com a proposta musical. O som tem uma pitada de Symphony X, mas com uma personalidade fortíssima. Além dos músicos muito talentosos, outra coisa que me chamou a atenção é o estilo das linhas vocais. Apesar das letras em inglês, a forma de cantar e o timbre do vocal lembram muito a pronúncia árabe, e caracterizam ainda mais o som da banda. Foi algo que gostei demais de ouvir.

Claro que não poderia deixar de falar da capa de Tales of the Sands (disco que tem ambas as músicas desse post). A ilustração e o resultado final são alguns dos mais legais que já vi em discos de metal. Uma verdadeira obra de arte que passa de maneira bem precisa o feeling das músicas. Bati palma aqui.

Quer conhecer mais? Acesse o site do Myrath.

Você pode gostar...