O que achei de The Gift of Music, do Dream Theater

dream_theater

E finalmente temos o primeiro preview de The Astonishing, o novo álbum do Dream Theater previsto para 2016. Ao que tudo indica, será um disco com um conceito bem denso. No site da banda já é possível encontrar informações sobre personagens, um mapa (!) e um tracklist com mais de 30 músicas. Mais de 30. É música pra caramba (mesmo que algumas aí sejam introduções e interlúdios).

Mas enfim, vamos falar do single, que é pra isso que estamos aqui. Bora ouvir!

 

The Gift of Music traz de volta aquela pegada sensacional de discos como Scenes from a Memory, mas misturando o que a banda tem feito nos últimos discos. Achei uma decisão bem acertada, pois há elementos que agradam tanto os fãs antigos quanto os novos, além de seguir uma evolução natural da musicalidade da banda, relembrando momentos dourados da carreira, mas sem se repetir, sem aquele ar de mesmisse.

O single tem vários momentos diferentes, misturando feeling com uma porrada de técnica. Mesmo que a gente encontre aqui desde momentos orquestrados, grandiosos, até momentos muito simples, tudo soa homogêneo. A produção acertou a mão, e espero que o restante do disco tenha esse mesmo carinho.

Apesar de ser um disco que conta uma história fictícia, a letra de The Gift parece falar da nossa realidade em certos momentos. Essa letra, aliás, me deixou mais curioso ainda pra saber como o conceito vai ser desenvolvido. Não gosto de criar expectativas pra nada, mas nesse caso, já era! Hahahahaha

Vamos ver o que mais nos aguarda nos próximos spoilers do The Astonishing. Espero que daqui alguns anos, se alguém cair nesse post por qualquer motivo, possa confirmar que a espera valeu a pena e que 2016 teve um dos melhores discos da história da banda.

Dream Theater no Facebook

Você pode gostar...

  • Felipe Souza

    Ótimo post! Site com conteúdo muito bom! Parabéns a equipe.