Review: A New Beginning, do Germán Pascual

german_pascual_new_beginning

Conheci o trabalho do Germán quando o Narnia (a banda que me fez gostar de metal) disponibilizou o single do seu último disco (em ambos os sentidos). Já era sabido que esse trabalho seria com um novo vocalista, e confesso que fiquei muito ansioso pra conhecer a nova voz da banda. Pra se ter noção, o lugar que eu trabalhava na época proibia música no ambiente de trabalho (nunca entendi essa proibição). Eu levei fones de ouvido só pra não perder o lançamento do single. E como valeu a pena!

O Narnia tinha voltado com força total, e aquela voz me convenceu na primeira escutada. O timbre era forte e o cara tinha muita técnica. Só sei que Course of a Generation se tornou um disco que eu ouvia diariamente durante a época que eu estudava em São Paulo e tinha de ir e voltar de ônibus (inclusive, fiz uma review dele que você pode ler neste link).

Mas por que você tá contando toda essa história chata, rapaz?“. Desde Course, eu sempre esperei por um disco com o mesmo impacto, e quando vi sobre o lançamento de A New Beginning, CD solo do vocalista Germán Pascual, fiquei bastante empolgado com a dimensão que esse trabalho poderia tomar.

Assim que ouvi o álbum pela primeira vez (aliás, fica meu muito obrigado ao Germán por me ceder o disco antes do lançamento aqui no Brasil para fazer essa resenha), eu tive a certeza de que estava diante daquele disco que aguardava desde 2009. Baita disco!

Minha primeira impressão foi a melhor possível. O CD é agressivo e bastante forte. Os pontos altos, pra mim, são as frases instrumentais bem trabalhadas e coerentes com o que as músicas pedem; os refrões empolgantes e surpreendentes (no sentido literal) e, claro, a interpretação do Germán Pascual, que é o protagonista do disco (algo que não acontece em todo CD solo que vemos por aí). Ele dá uma aula de técnica vocal e sabe colocar sua voz muito bem nos mais diferentes momentos do álbum.

A qualidade da produção (feita pelo baixista Raphael Dafras) é outro ponto forte. Vemos aqui um trabalho muito coerente tanto nas composições quanto na escolha de timbres e nos arranjos. Todo o álbum combina com a voz de Germán, tornando o resultado final sólido e confortável de ouvir. Temos um grande representante do metal moderno aqui, com todos os elementos que tornam esse estilo tão bacana.

Os destaques são The Wrath of God, Misty Dreams, I Call for the One, Unbroken Wings e Canción con Todos (um cover excelente, que se encaixou muito bem na roupagem desse CD).

Acredito que A New Beginning terá lugar garantido na playlist dos fãs durante muito tempo. O disco ainda não está disponível no Brasil, mas você pode escutá-lo de graça no site do Germán:

www.germanpascual.com

Você pode gostar...