Review: Rewotower, do Profusion

profusion-rewotower

Rewotower é o novo disco da banda italiana Profusion. Os caras ainda são pouco conhecidos no Brasil, mas fazem um som de torcer o rabo da porca. Esse trabalho tem algo bem diferente dos anteriores: A formação é completamente diferente da original. Todos os músicos atuais da banda entraram pra substituir algum membro que saiu. “Ah, Rafa, o som deve ter mudado um monte”. Verdade. O Profusion costumava usar instrumentos de sopro, havia dois vocalistas e mais uma série de diferenças, entretanto, a formação atual é tão criativa e competente quanto a anterior. Rewotower vale a pena em cada minuto de audição. A variedade do material é impressionante até mesmo pra quem tá acostumado com discos experimentais.

O disco começa (e termina) com Ghost House, um tema mais “infantil”, mas ainda assim interessante pra caramba. Em seguida, Taste of Colours chega pra mudar completamente o conceito que criamos com a música passada. Uma mudança bruta, mas fascinante. Eu poderia continuar descrevendo música após música (como fazia nas reviews antigas), mas o disco todo carrega esse lance de uma faixa ser diferente da outra, sendo necessário que deixemos completamente nossa “zona de conforto”. Somos levados por uma viagem através de ritmos tribais, baladas de tirar lágrimas douradas, soul, música latina, peso e, claro, muito prog.

Os músicos são fantásticos, e conseguiram transmitir a essência do trabalho muito bem. Dá pra ver que eles realmente se entregaram nesse disco. Os timbres, solos, riffs, harmonias… tudo é bastante vasto e coerente ao mesmo tempo. Quando falo “experimental”, não quero dizer que o álbum é viajado. Pelo contrário. Talvez o que mais me impressionou foi a coerência de todas as músicas mesmo com uma musicalidade tão vasta. A voz do Luca Latini é a cereja do bolo. O cara é um vocalista de soul, ou seja, usa técnicas que dificilmente vemos em bandas de prog. Achei a interpretação dele excelente.

Rewotower é uma viagem fantástica e que vale a pena ser feita várias e várias vezes. Os destaques ficam com Taste of Colours, So Close but Alone, The Tower e Turned to Gold. Se você procura por algum disco inspirador, essa é uma excelente escolha. Recomendo até o último segundo.

Profusion no Facebook: www.facebook.com/ProfusionRock

Line-up:
Luca Latini – voz
Luca Cambi – baixo
Gionatan Caradonna – teclado e piano
Vladimer Sichinava – bateria
Thomas Laguzzi – guitarra

Você pode gostar...