Review: The Turn of the Lights, do Andre Matos

Andre Matos foi o primeiro vocalista de metal nacional que ouvi. Pra mim, todos os trampos dele têm algo de diferente uns dos outros (embora a grande maioria gire em torno do power metal). A voz do cara me acompanhou durante boa parte da minha adolescência, então, ouvir The Turn of the Lights foi uma experiência nostálgica e surpreendente ao mesmo tempo.

Os primeiros segundos do álbum (com a faixa Liberty) já derrubaram todas as “previsões” que fiz antes de ouvir (me senti a Mãe Diná usando esse termo). Achei que viria mais um (fenomenal) Time to be Free, mas ao invés disso veio um cd mais experimental, agressivo e atual, ou seja, dá pra sacar que houve um cuidado todo especial no preparo desse disco. Turn tem sim seus momentos 80’s/90’s e sinfônicos, o que considero uma boa, pois mantém o estilo dos álbuns anteriores, mas sem repeti-los (sem déjà vu, pra ser mais exato).

Outra coisa que reparei foi a competência dos novos membros da banda, com destaque para o baterista Rodrigo Silveira, que teve umas sacadas excelentes no decorrer do disco. Podemos encontrar uma banda inspirada, que criou um material consistente pra caramba. Além do Rodrigo, outro novo integrante é o baixista Bruno Ladislau, que fez um trampo coerente pra caramba ao lado dos guitarristas Andre Hernandes e Hugo Mariutti. A performance do Andre Matos nos vocais mostrou que ele ainda tem fôlego e consegue ser muito versátil (contrariando alguns comentários que lemos de tempos em tempos por aí). O cara ainda tá na lista dos melhores vocalistas nacionais, sem sombra de dúvidas.

Os destaques, pra mim, ficam com Liberty, Stop, Unreplaceable, Oversoul, White Summit e Light Years. White Summit, por exemplo, tem trechos que eu jamais imaginaria na voz do Andre, mas que funcionaram super bem, e Oversoul é simplesmente magnífica no que diz respeito a criatividade e feeling. Acredito que The Turn of the Lights é um grande álbum a ser celebrado pelos fãs do metal nacional.

Site do Andre Matos: http://www.andrematos.net/

Você pode gostar...