Review: Transcend, do Liniker Nascimento

liniker_transcend

Sempre faço questão de divulgar materiais legais de artistas brasileiros. Tem muita coisa legal rolando na cena prog daqui, e minha dica de hoje é o EP de um dos guitarristas mais talentosos que conheci nos últimos tempos, o Liniker Nascimento.

Quem me mostrou o trabalho do Liniker pela primeira vez foi o Raphael, do Sigma Project. O Rapha foi quem mixou e masterizou esse EP, aliás. Gosto demais do trampo de ambos, e ver eles trabalhando juntos é sinal de que vem coisa boa por aí.

Bora ouvir:

 

O EP Transcend é uma coleção de riffs, timbres e solos espetaculares. Acho que ele não deve nada para os grandes lançamentos instrumentais que tivemos nos últimos tempos, pois além de uma produção caprichada, as músicas estão muito bem compostas.

Como a duração total de Transcend é de aproximadamente 20 minutos, a primeira sensação que bate ao terminar de escutar é a vontade de ouvir de novo, e vale a pena você ouvir várias vezes pra sacar os detalhes. Essa, aliás, é outra característica que torna esse EP espetacular. As músicas possuem camadas diferentes, o que deixa a experiência toda muito mais imersiva, na minha opinião.

Sou um grande fã de timbres que soam grandes, e nesse quesito o Liniker também foi fantástico. Além de uma musicalidade acima da média, o disco tem aquele punch sensacional. Ver boas ideias executadas com timbres magrinhos é algo que me incomoda bastante, especialmente em projetos instrumentais, e aqui acontece exatamente o oposto. Tudo soa harmonioso e agressivo ao mesmo tempo.

Não é todo dia que a gente descobre esse tipo de material, e o EP Transcend dá uma pontinha a mais de orgulho por ser criado e produzido por músicos daqui. O álbum transpira paixão pela música, e dá muito mais gosto escutar algo feito com essa sinceridade. Pra você que gosta de pancadaria instrumental com bastante técnica, o som o Liniker Nascimento é minha dica de hoje.

Liniker no Facebook

Você pode gostar...